Novo Coordenador do CEEC
Engenharia Ambiental e Sanitária
11/04/2017
            A Câmara Especializada da Modalidade Civil (CEEC) é o órgão deliberativo do CREA que analisa, julga e decide, em primeira instância, os assuntos ligados ao âmbito da modalidade civil. Ela funciona como um espaço especializado em informar e tirar dúvidas dos profissionais e das empresas, além de resolver pendências relacionadas ao exercício de suas profissões e atividades.
            A câmara especializada da Modalidade Civil do Crea-SP (CEEC) congrega várias engenharias, tecnologias e técnicos afins com a modalidade civil. Por exemplo, a câmara especializada de engenharia civil congrega os Engenheiros Ambientais, Engenheiros Civis, Engenheiros de Operações, Engenheiros de Fortificação e Construção, Engenheiros Militares, Engenheiros Sanitaristas, Engenheiros Sanitaristas Ambientais e Urbanistas, além dos tecnólogos e técnicos das referidas áreas. É sim, em sua maioria formada, por Engenheiros Civis. É a maior câmara especializada dentro do sistema Confea/CREA no Brasil. Todas as câmaras elegem na primeira reunião do ano o seu coordenador e coordenador adjunto, as câmaras especializadas dos Crea's têm como papel:
   • elaborar as normas de fiscalização das atividades profissionais das suas respectivas modalidades.
   • julgar infrações às Leis Federais 5194/66 e Lei 6496/77, e também por infração ao Código de Ética Profissional.
   • apreciar pedido de registro de profissional, de pessoa jurídica, de entidade de classe e de instituição de ensino no âmbito do Sistema Confea/Crea.
            É com muito prazer que anunciamos que a CEEC tem um novo coordenador, o engenheiro ambiental e coordenador do curso de Engenharia Ambiental da UniPinhal, Euzébio Beli, juntamente com a eleição do coordenador adjunto, o engenheiro civil José Roberto Barbosa Satto.
            Euzébio Beli é graduado em Engenharia Ambiental pelo Centro Regional Universitário de Espírito Santo do Pinhal em 2008 e é mestre em Ciência e Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG). Atua como Professor Assistente nos cursos de Administração de Empresas, Engenharia Agronômica e Engenharia Ambiental na Unipinhal. É Conselheiro do CREA-SP representando o Centro Regional Universitário de Espírito Santo do Pinhal. Ele também é o Presidente da Associação Paulista de Engenheiros Ambientais – APEA/SP e Vice Presidente da Associação Nacional de Engenheiros Ambientais – ANEAM.
            Sobre os objetivos de sua gestão, Prof. Euzébio pontua em entrevista para o marketing, que para o seu mandado como coordenador da Câmara em 2017, foram congregados, um tecnólogo, três engenheiros ambientais e oitenta engenheiros civis. A eleição contou com praticamente todos os votos dos presentes, foram 73 votos a favor e um voto anulado, o que demonstra a confiança dos engenheiros desta área especializada em nossa força de trabalho, demonstrando a união e a força desta modalidade no CREA-SP.
            Beli ainda ressalta a importância de ter se elegido como coordenador desta câmara especializada residir no fato de que a Engenharia Ambiental tem mostrado sua força e a atuação dos profissionais desta área dentro da sociedade moderna e se reflete dentro do Conselho Profissional (CREA-SP); essa eleição é um fato histórico para a Engenharia Ambiental paulista e brasileira e para a nossa representatividade como professor e coordenador de curso de Engenharia Ambiental representando o Unipinhal no Crea-SP como conselheiro daquela casa.
            Muitas outras IES também se horariam com essa conquista, a CEEC já elegeu coordenadores representando universidades como a USP, UFSCAR, UNESP e outras IES , mas pela a UNIPINHAL e pala cidade de Espírito Santo do Pinhal é a primeira vez que a engenharia se faz presente como Conselheiro Coordenador da CEEC, uma conquista para nossa cidade.
            Sobre os novos objetivos, professor Euzébio ressalta que estão focados no plano de trabalho proposto, que já foi aprovado pelos conselheiros desta especializada no que tange a instituir grupos técnicos de trabalho nos temas: Exercício e Atribuição profissional, Acervo técnico e Empresas, Acidentes da Construção Civil., assim como racionalizar e aprimorar os trabalhos administrativos da Câmara e das reuniões.
            É necessário acompanhar a tramitação de recursos ao Planário do CRE-SP em processos julgados pela CEEC, elaborar plano de fiscalização para o exercício de 2017, dar continuidade às ações já implementadas e melhorá-las quando couber revisões. Além, é claro, de participar das reuniões nacionais que congregam todas as câmaras de civil do país, represento os conselheiros paulistas desta modalidade.

Veja imagens abaixo:

últimas notícias
Letras
03 de Agosto, 2017
No retorno as aulas do UniPinhal, o curso de Letras teve o prazer de receber os atores da Companhia de Teatro CENA IV – Shakespeare Cia, que se trata de uma companhia de repertório que trabalha em todo...
Leia Mais
Eng. Computação e Mecatrônica
07 de Julho, 2017
No último dia 24 de junho de 2017 os alunos de Engenharia Mecatrônica e Engenharia de Computação visitaram a FEIMAFE 2017 – 16ª Feira Internacional de Máquinas-Ferramentas e Sistemas Integrados de Manufatura...
Leia Mais


Conheça a UniPinhal como você nunca viu:

Unidades

Campus I
Av. Hélio Vergueiro Leite, s/n
Jardim Universitário
(19) 3651-9600

Biblioteca
(19) 3651-9614

Secretaria
(19) 3651-9600

SAC
0800 - 70 70 701

Campus II
Av. Antonio Costa, s/n
Jardim Universitário
Saída para Jacutinga

Hospital Veterinário
(19) 3651-3704
(19) 3661-2405

Sítio Experimental

Laboratório Gastronomia

Campus III
Av. Antonio Costa, s/n
Jardim Universitário

Centro Esportivo e Lazer

© Copyright 2017 departamento de
Marketing UniPinhal / CTI
Contate-nos

0800 - 70 70 701
www.unipinhal.edu.br

Endereço

Av. Hélio Vergueiro Leite, s/n
Jardim Universitário
Espírito Santo do Pinhal/SP
CEP 13990-000